Homem liga para a Polícia Militar e inventa ter sido roubado; câmeras de segurança desmentiram a versão

Um marmorista de 55 anos de idade foi autuado pelo crime de falsa comunicação na tarde deste sábado (23), após ligar para a Polícia Militar e inventar ter sido vítima de um roubo à mão armada quando transitava pela Rua 9 de Julho, próximo da Santa Casa em Flórida Paulista.

Segundo consta no boletim de ocorrência do qual nossa equipe de reportagem teve acesso, o homem ligou no 190 informando que um indivíduo teria o abordado pela via em posse de uma arma de fogo e pedindo para que ele passasse o dinheiro que possuía sendo subtraídos R$ 415 que seriam provenientes da venda de títulos de capitalização.

Após o roubo, o indivíduo teria se evadido tomando rumo ignorado.

Com a comunicação as equipes da Polícia Militar iniciaram um amplo trabalho de buscas visando localizar o autor e a moto nas características passadas pela suposta vítima.

Os policiais notaram a existência de uma câmera de segurança próximo do local, buscaram as imagens e constaram apenas a passagem da “vítima” e ainda que nenhuma moto havia passado pelo local conforme informado pelo mesmo.

Suspeitando de que poderia se tratar de uma farsa inventada pelo homem, os policiais passaram a indaga-lo e este acabou confessando que estaria passando por necessidades financeiras e inclusive com contas de água e luz atrasadas e que havia utilizado o dinheiro sendo que o responsável pela coleta dos valores e do título de capitalização estaria passando no final da tarde para efetuar a retirada e visando dar um esclarecimento resolveu inventar tal situação.

Ainda em seu depoimento, o homem relatou que estaria muito arrependido do que provocou.

O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia onde a ocorrência foi apresentada. Ele foi autuado e liberado.

FOTO: Diego Fernandes Silva / Folha Regional 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional
MAIS NOTICIAS
Carregue mais