Sincomerciários participa do Dia de Luta contra a reforma da Previdência

O Sindicato dos Comerciários de Tupã e Região (Sincomerciários) realiza nesta sexta-feira, dia 22, uma campanha de orientação entre os trabalhadores do comércio, nas 19 cidades que compreendem sua base territorial. O foco são as mudanças propostas pelo governo para a reforma da Previdência e a maneira como elas irão impactar diretamente a vida de milhões de brasileiros. O trabalho será feito com a distribuição de impressos explicativos sobre o tema e conversas com os comerciários e outros profissionais.

A ação é parte integrante do Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, convocado nacionalmente por centrais sindicais, movimentos sociais e entidades para aprofundar o diálogo junto à sociedade. “Este trabalho é muito importante porque entendemos que, antes de adotar qualquer medida, o governo precisa abrir o debate à participação popular. Nesta sexta, em Tupã e nas cidades da região, iremos prestar esclarecimentos à população, mostrando como as medidas propostas pelo governo podem afetar diretamente a aposentadoria de todos”, relatou o presidente do Sincomerciários, vereador Amauri Mortágua.

A mobilização com objetivo de esclarecer a sociedade sobre os malefícios da reforma nos moldes em que ela foi proposta é um dos pontos de ação definidos durante seminário promovido pela União Geral dos Trabalhadores de São Paulo (UGT-SP), entidade que também é presidida por Mortágua. “Somente com a conscientização pública é que vai ser possível discutir amplamente o projeto apresentado pelo governo e, desta maneira, alcançar uma solução para o impasse”, defendeu o parlamentar.

 “A propaganda atualmente veiculada pelo governo é enganosa e tem o claro objetivo de confundir a população sobre o tema. Na verdade, a reforma quer extinguir direitos conquistados com muita luta e já consolidados”, atacou o sindicalista.

Para o presidente do Sincomerciários e da UGT-SP, sem que haja completo esclarecimento sobre o tema, a população fica relegada a segundo plano no processo de decisão. “Sem compreender totalmente o assunto, os trabalhadores terão caráter de meros espectadores na aprovação de um projeto que vai influenciar diretamente a vida de todos eles. Por isso estamos fazendo essa campanha de conscientização, para que a sociedade tenha o protagonismo e participe ativamente das decisões”, defendeu.

 

Frente parlamentar

Na última quarta-feira (20) foi lançada a Frente Parlamentar Mista contra a reforma da Previdência Social, em solenidade que aconteceu no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O movimento reúne, além de senadores e deputados federais, parlamentares de todo o país, entre eles os tupãenses Luiz Carlos Motta e Amauri Mortágua.

“Estamos trabalhando em Brasília para que toda mudança seja amplamente discutida com a sociedade. Afinal, os trabalhadores são os principais interessados no assunto e, por isso, devem ter participação ativa neste processo”, afirmou o deputado federal Luiz Carlos Motta.

Com a retomada do trabalho em nível federal e estadual, Tupã também vai reativar a Frente de Entidades Tupãenses em Defesa dos Direitos da Aposentadoria (FTA), que já há vários anos vem mobilizando a cidade e a região com debates e manifestações sobre o tema. “O foco é garantir a abertura para que a sociedade participe das discussões e opine sobre o tema. Somente assim, vai ser possível fazer uma reforma justa e igualitária”, concluiu o coordenador do movimento em Tupã, Amauri Mortágua.

 

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/53264639_417525832386447_1135243015489585152_n.jpg?_nc_cat=108&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=f711c9e96507b8eb96885462b1406445&oe=5D16D5B7
 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional
MAIS NOTICIAS
Carregue mais