Helicóptero avaliado em R$ 4 milhões carregado 500 quilos de cocaína e prende piloto e ajudante

A Polícia Federal (PF) apreendeu na madrugada deste sábado (13) um helicóptero avaliado em R$ 4 milhões carregado com meia tonelada de cocaína em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. O piloto da aeronave e o ajudante foram presos e a polícia ainda procura outras duas pessoas.

O helicóptero estava em um canavial de Prudente. Veículos de luxo foram apreendidos mesma operação na capital paulista.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da PF informou que a operação Flying Low foi deflagrada com o objetivo de combater organização criminosa envolvida com tráfico de drogas realizado por vias aéreas. As investigações duraram cerca de um ano.

A cocaína era transportada em um helicóptero. A organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o estado de São Paulo.

Como a aeronave, avaliada aproximadamente em R$ 4 milhões, não tem autonomia para o percurso todo, sempre fazia uma parada para reabastecimento em matagal ermo localizado na região de Presidente Prudente. O helicóptero usava um equipamento avaliado em R$ 1 milhão que permitia voos noturnos.

A ação conta com o apoio da Polícia Militar (PM). Vinte policiais federais participaram do trabalho, contando com o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional da PF (CAOP ) e da PM.

Também foram apreendidos armas, veículos e dinheiro em espécie. Diligências continuam para desarticulação da organização criminosa.

O nome da operação é traduzido do Inglês como “voando baixo” e refere-se ao modo como era feito o deslocamento aéreo.

FONTE: G1 Presidente Prudente
https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/56952712_2197580416989539_7754161358089748480_n.jpg?_nc_cat=106&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=893e81a43ca9668e83b9acc0511d12f3&oe=5D3FF2A3

 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional