Connect with us

Manchetes

FLÓRIDA: Homem que estava desaparecido há quatro meses é localizado debilitado dentro de galeria de concreto na área rural

Publicado

em

Polícia Civil atua na investigação deste caso

Um homem que havia desaparecido ao sair para trabalhar na madrugada de 27 de maio, há exatamente quatro meses, completados nesta sexta-feira, foi localizado bastante debilitado deitado dentro de uma galeria de concreto na área rural de Flórida Paulista.

(CLIQUE AQUI E REVEJA A REPORTAGEM DO DESAPARECIMENTO)

Ele foi localizado por pessoas que passavam por um carreador de uma plantação de cana-de-açúcar localizado nas proximidades da vicinal Durval Luis Poiani que liga a cidade ao Bairro Rural Três Porteiras.

Uma testemunha informou à Polícia Civil que estava caminhando pelo local quando escutou um barulho vindo do interior da galeria de tubos de concreto e que chamou outra pessoa para ajuda-lo e ao descerem até o local se depararam com o homem que estava deitado bastante debilitado.

O Corpo de Bombeiros de Adamantina foi acionado e esteve no local para prestar atendimento ao homem que foi levado para a Santa Casa de Flórida Paulista. Ele passou por atendimento médico e devido seu estado de saúde, permanece internado.

A Polícia Civil informou que o homem disse que estava pelo local há alguns dias e que estava se alimentando de cana de açúcar, porém, com a colheita realizada pela usina, toda a cana foi retirada e ele estava por pelo menos uns 15 dias sem nenhuma alimentação e por isso deitou dentro da galeria e fraco, não conseguia mais sair.

A Polícia Civil de Flórida Paulista que vinha há mais de 120 dias realizando buscas pelo desaparecido registrou o seu encontro. O homem deve ser ouvido nas próximas horas quando terá a oportunidade de dar detalhes e motivos de seu sumiço.

“Vamos aguardar a recuperação para que ele esteja lúcido e em condições de ser ouvido, continuaremos com o inquérito para apurar o que o levou à desaparecer bem como o possível envolvimento de outras pessoas neste caso”, informou o delegado de polícia Dr. Hilton Testi Renz em entrevista à reportagem da Folha Regional.


FOTOS: Diego Fernandes Silva / Folha Regional

https://scontent-gru2-2.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/67910734_517160645756298_6685943261464363008_n.jpg?_nc_cat=110&_nc_oc=AQk4-yYcdnvdAtz2C4gxjoiZAvFs9aUsbuWfUWJL0Jm77RnwCBxisPPTO7KhbKnEdcI&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=2a5c991e02032e0309bd9d5db24b65ee&oe=5E2AF0A8

 

Continue lendo
Publicidade

Mais Lidas