Sogro é preso suspeito de matar empresário árabe e decepar a mão dele após briga do casal 

O sogro suspeito de matar o empresário Faisal Ibrahim Abdulrahman Younes, de 49 anos, na quarta-feira (12) em Matupá, a 696 km de Cuiabá, foi preso na noite dessa quinta-feira (13) após se apresentar na delegacia da Polícia Civil.

Faisal foi morto a golpes de facão e teve uma das mãos decepadas.

A mulher dele contou à Polícia Civil que teve uma briga com ele durante a madrugada e que ligou para o pai ir buscá-la, pois teria sido agredida.

O corpo dele foi levado para Dubai, nos Emirados Árabes, de onde é natural.

O sogro, de 59 anos, teve o mandado de prisão preventiva decretado apontado como autor do homicídio.

Ele foi interrogado sobre os fatos e acusações. Após o depoimento foi cumprida a ordem judicial de prisão preventiva.

O suspeito foi encaminhado para realização de exame de corpo delito e posteriormente para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

O caso

A Polícia Militar foi acionada e encontrou o empresário na Rua 7, Bairro ZH 001, com a mão direita ao lado do corpo.

Uma testemunha relatou à polícia que o sogro da vítima teria utilizado um facão para cometer o crime.

A mulher de Faisal foi ouvida e disse aos policiais que ela e o marido tiveram uma briga e, em seguida, ela foi para a casa dos pais dela, mas deixou o filho com a vítima.

A briga teria começado durante a madrugada, quando o casal levou o filho que estava passando mal para um hospital. Segundo a mulher, o marido passou a agredi-la e ela ligou para o pai ir buscá-la.

Quando o pai chegou, segundo a mulher, ele e o genro começaram a discutir e durante as agressões o sogro atingiu a vítima com o facão.

A vítima foi socorrida para a Unidade de Saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A Polícia Civil realiza buscas para localizar o suspeito e está apurando o caso. (REPORTAGEM E FOTO: G1 Mato Grosso do Sul)

MAIS NOTICIAS
Carregue mais