Connect with us

Manchetes

Denúncia leva PM a determinar dispensa de funcionários de empresa

Publicado

em

A Capezio do Brasil em sua unidade de Osvaldo Cruz teve seus funcionários dispensados na manhã de hoje (24) após intervenção da Polícia Militar por suposto descumprimento de decreto estadual de quarentena por causa da epidemia do coronavírus.

Por volta de 8 horas uma guarnição da Polícia foi ao local e solicitou a dispensa de funcionários, após a central de operações da corporação ter recebido várias ligações.

A gerente da unidade destacou que às 7 horas havia entrado o primeiro grupo de colaboradores e às 8 horas começaria o turno para um segundo agrupamento, mas ao final todos foram dispensados.

A empresa também afirmou que já era programadas paralisação de atividades dos 550 funcionários a partir desta quarta-feira (25).

Outras duas grandes fábricas de Osvaldo Cruz pararam em férias coletivas de duas semanas desde esta segunda-feira (23) e hoje: a Trinys/Só Dança e a Linoforte Móveis.

A Granol e outras empresas do segmento de alimentos não suspenderam produção por serem fabricantes de gêneros de primeira necessidade. (REPORTAGEM E FOTO: Ocnet)

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas