Connect with us

Polícia

FLÓRIDA: “Não há servidor suspeito de Coronavírus na Penitenciária”, afirma SAP

Publicado

em

Tendo em vista as inúmeras notícias que circularam nos últimos dias em vários portais da região e até do Estado de que um servidor da Penitenciária de Flórida Paulista estaria com suspeita de Coronavírus, a reportagem do jornal e site Folha Regional entrou em contato com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), que desmentiu e informou que tudo não passa de boato.

Em nota enviada em resposta aos pedidos de informação da nossa reportagem, a SAP informou que: “Não procede. Neste momento, não há servidor com suspeita de diagnóstico do COVID-19 na Penitenciária “AEVP Cristiano de Oliveira” de Flórida Paulista”.

A SAP aproveitou para informar que todas as medidas amplamente divulgadas pelo Governo do Estado de São Paulo, como lavar as mãos com frequência, não compartilhar objetos de uso pessoal, manter distância mínima entre as pessoas, por exemplo, já foram adotadas.

Para prevenção, foram afixados cartazes e fornecidas orientações diretas aos servidores para também mantê-los a par dos sintomas e das melhores formas de prevenção. Além disso, outras medidas foram tomadas: suspensão de atividades coletivas, busca ativa para casos similares ao COVID-19, intensificação na limpeza das áreas, restrição de entrada de qualquer pessoa alheia ao corpo funcional, quarentena para os presos que entram no sistema prisional, monitoramento dos grupos de risco, aquisição de termômetros infravermelho, aquisição de oxímetro digital portátil, ampliação na distribuição de produtos de higiene, álcool em gel e sabonete, distribuição de EPIs como máscaras, horários alternados no refeitório, filas com distância de 1,5 m. 

A notícia tem o intuito de informar e tranquilizar a população floridense e toda a região, além dos familiares dos detentos que cumprem pena na unidade prisional.
Vale destacar que Flórida Paulista não possui nenhum paciente sob suspeita ou em acompanhamento pelas equipes de Vigilância Epidemiológica.

Publicidade

Mais Lidas