Connect with us

Geral

Covid-19: Ministério da Saúde projeta que casos acelerem a partir de maio

Publicado

em

O Ministério da Saúde estima que o Brasil entre daqui um mês na fase de aceleração descontrolada de casos do novo coronavírus. Segundo projeção apresentada ontem, o início desta etapa está previsto para a 19ª semana do ano, ou seja, entre 4 e 10 de maio. A quantidade de casos da doença covid-19 deve começar a desacelerar a partir de meados de junho, na 25ª semana.

A partir da fase de aceleração, o país deve começar a caminhar rumo ao pico de casos, previsto para o início de junho, de acordo com a projeção apresentada pelo Ministério da Saúde. O nível do pico, porém, depende do tipo de isolamento social adotado pelo país para conter a pandemia.

Caso nenhuma medida para conter o coronavírus fosse tomada, “teríamos uma explosão de casos e depois uma queda”, disse o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira. “Porque, depois, as pessoas ou ficariam imunes ou morreriam em decorrência de uma doença”, explicou ontem em Brasília.

“O único instrumento de controle existente, possível, disponível é o distanciamento social.”

Mesmo com as medidas de distanciamento social, o número de casos irá crescer em maio. Entretanto, seria pior se não houvesse isolamento social, aponta o Ministério da Saúde. Caso seja adotado o distanciamento seletivo, como defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mais pessoas serão contaminadas pela covid-19 e o número de mortes também será maior do que no caso de isolamento ampliado.

 

 

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas