Connect with us

Geral

Isolamento social em São Paulo é de 47% na Sexta-feira Santa

Publicado

em

A maioria da população do estado de São Paulo não está respeitando a quarentena no primeiro dia do feriado de Páscoa e somente 47% das pessoas ficou em casa, aponta o Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo. Um estudo do Instituto Butantã divulgado na semana passada mostra que para não haver falta de leitos é preciso que a adesão ao distanciamento social sejá de 70%. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que pode usar o poder de polícia caso o percentual não seja atingido.

A medição é feita com base na análise dos dados de telefones celulares que indicam deslocamentos. O sistema permite saber em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais a população não respeita a medida. No bairro Pinheiros, na zona Oeste, havia várias pessoas andando de bicicleta, caminhando e correndo pelas ruas.

Um carro da Polícia Militar ficava circulando pela avenida Pedroso de Morais e ligava a sirene quando encontrava aglomerações de pessoas. A medida era o suficente para dispersar as pessoas. O índice de adesão ao isolamento social só faz cair.

Logo que o governo de São Paulo anunciou a quarentena, foi de 69% o percentual de pessoas que respeitaram a medida. Na semana seguinte, caiu para 59%, chegou a 49% na quarta-feira e agora ao percetual mais baixo de todos.

A partir de segunda-feira (13), o índice de isolamento estará disponível para consulta no portal www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

 

 

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas