Connect with us

Polícia

Comerciante é encontrado morto em canavial com carro incendiado

Publicado

em

O comerciante João Flávio Freitas Spironelli, 37 anos, morador no bairro Novo Paraíso, em Araçatuba (SP), foi encontrado morto em um canavial na zona rural de Valparaíso na noite de sábado (5), mas foi reconhecido no domingo (6). O veículo que estava com ele foi incendiado.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais civis foram até à estrada da Usina Da Mata após informação da localização de um cadáver e encontraram uma picape GM Montana totalmente queimada, com o corpo ao lado.

Quem acionou a polícia foi um funcionário da usina, que trabalha com um caminhão-pipa da empresa. Ele contou que atua no combate a incêndios no canavial, foi até o local após ver a fumaça e encontrou veículo em chamas. A testemunha conseguiu apagar o fogo, mas ele já havia queimado totalmente a picape.

Após apagar as chamas, o funcionário da usina viu o corpo caído próximo ao veículo, chamou um colega de trabalho e foi constatado que a vítima estava sem vida, por isso chamaram a polícia.

Investigação

Equipe do Instituto de Criminalística foi acionada para realização de perícia. Durante o trabalho, foi localizado no bolso da roupa de Spironelli um certificado de registro e licenciamento de veículo, R$ 50,00 em dinheiro e uma carteira de motorista com a foto dele.

Pela foto a polícia não conseguiu confirmar que se tratava de Spironelli, por isso, o boletim de ocorrência foi registrado como se fosse pessoa desconhecida.

Ainda de acordo com a polícia, os peritos não encontraram sinais de violência no corpo, que foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. O veículo foi deixado no local em razão de o guincho não conseguir retirá-lo.

O caso foi registrado como morte suspeita e na tarde de domingo, uma vendedora de 42 anos, moradora no São Vicente, esteve no IML e reconheceu o corpo como sendo do irmão dela.

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas