Connect with us

Geral

Em um mês, mortes por covid-19 caem 22% em SP, diz governo

Publicado

em

Em um mês, o estado de São Paulo teve quedas consecutivas na média diária internações e de mortes por covid-19 pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, segundo o governo estadual informou hoje.

Neste período, o número médio de novas mortes diárias caiu de 252 (entre 9 e 15 de agosto) para 196 (30 de agosto até 5 de setembro), o que representa uma queda de 22%.

Entre as internações, a redução no mesmo período foi de 1.714 para 1.418, o equivalente a 17%. As quedas foram registradas em todas as regiões do estado.

A tendência de descida nas médias diárias tem se mantido semanalmente, segundo o governo.

Entre 9 e 15 de agosto – média de 252 mortes por dia

Entre 16 a 22 de agosto – média de 230 mortes por dia

Entre 23 a 29 de agosto – média de 222 mortes por dia

Entre 30 de agosto até 5 de setembro – média de 196 mortes por dia

Entre as internações, o número de pacientes internados nesses mesmos intervalos passou, respectivamente, de 1.714 para 1.605; depois para 1.498, chegando a 1.418 nesta última semana.

Segundo o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, os números mostras êxito das medidas de enfrentamento à covid-19. “Seguiremos focados em salvar vidas, prover assistência e reduzir os índices da doença cada vez mais”, afirmou.

Regiões de SP

Na capital houve queda 36% do número de óbitos no último mês, caindo de 72 para 46 a média diária. Entre internações, de 603 para 497 (17%).

Na região metropolitana, a redução foi de 31% em relação aos óbitos (de 119 para 83) e 20% quanto à média diária de pacientes internados (de 931 para 749).

No interior e na Baixada Santista, a média diária de novas mortes foi reduzida de 130 para 114 (12%), e de 782 para 670 entre internações (14%).

 

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas