Connect with us

Geral

Primeiras vacinas não serão perfeitas, diz presidente de força-tarefa

Publicado

em

A presidente da força-tarefa de Vacinas do Reino Unido, Kate Bingham, reforçou nesta quarta-feira a importância de “prevenir-se contra a complacência e o excesso de otimismo” em relação ao imunizante contra a Covid-19, afirmando que a primeira geração da vacina “provavelmente será imperfeita”.

A afirmação foi feita em um artigo assinado por Bingham no periódico especializado The Lancet. A profissional, porém, explica é esperado que a vacina cause um grande efeito positivo contra a doença. “É provável que a primeira geração de vacinas seja imperfeita e devemos estar preparados para que não previnam a infecção, mas reduzam os sintomas e, mesmo assim, podem não funcionar para todos ou por muito tempo”, disse.

Para embasar seu argumento, a profissional recorda dados recentes sobre a doença, como o fato de que a imunidade para a Covid-19 pode se perder rapidamente após a infecção ou indícios de que uma segunda onda na Europa pode ser mais letal do que a primeira.

 

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas