Connect with us

Polícia

Quase 80 presos não retornaram da “saidinha” de fim de ano para os presídios da região

Publicado

em

Dos 2.618 detentos que foram beneficiados com a “saidinha” de Natal e Ano Novo na região, 79 deles não retornaram dentro do prazo estabelecido pela Secretaria de Administração Penitenciária do Estado e agora são considerados evadidos do sistema prisional.

O levantamento divulgado pela SAP, o número de detentos evadidos equivale a 4,46% dos beneficiados.

Na microrregião de Adamantina, 1.610 presos que estavam detidos nas penitenciárias de Flórida Paulista, Lucélia, Osvaldo Cruz, Pacaembu e Pracinha tiveram o benefício da saidinha e destes, 79 não voltaram para as unidades.

As únicas penitenciárias em que todos os detentos beneficiados retornaram foram as de Flórida Paulista (39 beneficiados) e CDP II de Pacaembu (22 beneficiados). Nestas os presos retornaram dentro do prazo e aqueles que ainda estiverem cumprindo pena na ocasião de uma nova “saidinha” serão novamente liberados.

As demais penitenciárias registraram os seguintes números de evadidos: dos 56 liberados em Pracinha 6 não retornaram; dos 58 beneficiados em Osvaldo Cruz dois não voltaram; dos 130 soltos em Lucélia 12 estão foragidos; da Penitenciária de Pacaembu “Osias Lúcio dos Santos” saíram 35 e apenas um evadiu-se; do semiaberto da Cidade Paraíso foram liberados 1.250 presos, destes 56 não voltaram dentro do prazo estipulado; do CDP I de Pacaembu foram libertos condicionalmente na saidinha 20 homens, dois não retornaram.

Se recapturados, estes detentos voltam a cumprir pena em regime fechado e respondem por ficarem foragidos do sistema.

 

Publicidade

Mais Lidas