Connect with us

Polícia

Polícia Civil prende em São Paulo ‘pedófilo’ que fez vítima na região

Publicado

em


No mês de setembro do ano de 2019, um pai de família procurou pela Delegacia de Defesa da Mulher de Osvaldo Cruz, informando que ao verificar o aparelho celular de sua filha de 11 anos de idade, havia constatado que ela havia trocado mensagens e imagens de cunho sexual com uma pessoa desconhecida.

Diante das informações foi instaurado Inquérito Policial, sendo a investigação encaminhada para o Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia de Osvaldo Cruz.

Durante as investigações, foi feita análise do conteúdo do aparelho celular da criança, onde foi verificado que uma pessoa após conversar com a vítima, mesmo tendo constatado que ela possuía apenas 11 anos de idade, passou a lhe encaminhar fotografias pornográficas, fazendo convites para prática de atos sexuais, a recrutando e induzindo para que lhe encaminhasse fotos suas nua, o que a criança acabou fazendo.

Em continuidade as investigações, a equipe da Delegacia de Polícia de Osvaldo Cruz constatou que para a prática do crime, o autor criou uma conta “Fake” na rede social Facebook, onde o autor possuía diversos contatos, todos eles parecendo se tratar de crianças e adolescentes, sendo que com a devida autorização Judicial, foram colhidas inúmeras informações junto à redes sociais e empresas de telefonia celular, até que fosse identificado um suspeito, que se tratava de um homem com 35 anos (na época dos fatos).


Realizadas diligências na cidade de São Paulo, a equipe policial se dirigiu até a residência do autor, porém ele havia se mudado do imóvel, sendo que o local foi verificado, onde em comparação com as fotografias encaminhadas para a vítima, pode ser observado que se tratava da mesma casa onde eram produzidas as imagens de cunho sexual enviadas para a criança, sendo ainda localizado o proprietário do imóvel, que confirmou que quem morava no local na época dos fatos se tratava o suspeito. Na ocasião, os policiais ainda conseguiram identificar familiares do autor, que alegaram desconhecer seu paradeiro ou telefone para contato.

Devidamente demonstrada a autoria do crime, foi determinado o formal indiciamento do autor pela prática do crime previsto no artigo 240, §1º do Estatuto da Criança e do Adolescente (agenciar, facilitar, recrutar, coagir, ou de qualquer modo intermediar a participação de criança ou adolescente em cenas de sexo explicito ou pornográficas), sendo representado ao Judiciário pela decretação de sua Prisão Preventiva, sendo a medida deferida, expedindo-se o respectivo Mandado de Prisão.

Em continuidade as diligências, foram identificadas as regiões na cidade de São Paulo e Guarulhos onde o indiciado transitava, e em trabalho de campo realizado naquelas cidades, a equipe de policiais da Delegacia de Polícia de Osvaldo Cruz, efetuou na tarde de hoje (03.05.2021), em um canteiro de obras na cidade de Guarulhos/SP a prisão do autor, que foi apresentado na sede da Delegacia Seccional de Polícia de Guarulhos, de onde será encaminhado ao 1º Distrito Policial da mesma cidade.


Publicidade

Mais Lidas