Connect with us

Geral

SP antecipa vacinação de profissionais da educação de 18 a 44 anos para 6ª

Publicado

em

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje que a vacinação de profissionais da educação básica de 18 a 44 anos terá início na sexta-feira (11) no estado. Antes, a previsão era de que a imunização deste grupo começasse no dia 21 de julho.

Até ontem, apenas os profissionais de educação com mais de 47 anos haviam iniciado o processo de imunização no estado. João Doria também anunciou que os profissionais com 45 e 46 anos (estimados em 80 mil) já podem ser vacinados a partir de hoje em todo o estado — a capital já havia anunciado esta antecipação ontem.

O anúncio foi feito durante o lançamento do Programa Mega Escola, realizado hoje, com a presença do secretário estadual da educação, Rossieli Soares. Segundo o governador, o público-alvo estimado na faixa dos 18 a 44 anos é de 363 mil profissionais.

“Nós vamos antecipar a vacinação para 363 mil profissionais da educação básica de 18 a 44 anos para esta sexta-feira, dia 11 de junho, começamos a vacinar em todo o estado de São Paulo”, disse Doria.

A vacinação de todos os profissionais da educação básica é vista pelo governo de São Paulo como fundamental para avançar no programa de retorno às aulas presenciais no segundo semestre. Atualmente, os protocolos permitem a presença de 35% do número de alunos matriculados.

No evento, o governador disse que a antecipação permite um retorno às aulas “mais seguro para os profissionais, alunos e pais”.

É importante lembrar que o processo de imunização depende da aplicação da segunda dose nas três vacinas atualmente em uso no Brasil — CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer. A data da aplicação da segunda dose varia entre diferentes vacinas e está descrita no cartão de vacinação recebido após a primeira dose.

Nesta semana está prevista a chegada ao Brasil de imunizantes da Janssen, aplicados em dose única. Porém, ainda não há informações se eles serão destinadas a algum grupo especial dentro do programa de vacinação em São Paulo.

 

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas